Mato Grosso do Sul recebe R $ 43 milhões para investir em segurança pública

Mato Grosso do Sul contém R $ 43.101.782,00 para investir em Segurança Pública, oriundos do Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP).

De acordo com a Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul (Sejusp / MS), o recurso deve ser usado para adquirir viaturas, armamentos, unidades de resgate do Corpo de Bombeiros, entre outros itens.

O montante foi desbloqueado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), em janeiro deste ano e se refere aos eixos de Enfrentamento à Criminalidade Violenta e Valorização dos Profissionais de Segurança Pública. 

O anúncio do repasse saiu em portaria extra do Diário Oficial da União ainda em novembro de 2020.

“São investimentos que vão modernizar e fortalecer a pública em todos os municípios do Estado, com os quais irão adquirir novas Unidades de Resgate para o Corpo de Bombeiros Militar, viaturas e armas para todas as proteção de segurança, bem como equipar o Setor de Atenção Biopsicossocial da Sejusp, tão importante para os nossos policiais ”, explica o titular da Sejusp, secretário Antonio Carlos Videira.

A parcela entrou em janeiro na conta do Estado, que teve 30 dias para apresentar um plano de aplicação. “Esse plano é para informar a pretensão de utilização desse dinheiro, e foi por nós apresentado logo na primeira semana subsequente ao depósito, após a análise pela Secretaria de Gestão e Ensino em Segurança Pública do Ministério da Justiça, que aprovou o nosso projeto, o dinheiro foi disponibilizado para aplicação ”, afirma o secretário.

De acordo com a Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul (Sejusp-MS), o plano de aplicação foi apresentado logo na semana seguinte ao recebimento e analisado pela Secretaria de Gestão e Ensino em Segurança Pública (Segen), que analisa e aprova a liberação do valor.

Nessa semana, os planos exigidos ao Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), referentes aos eixos de Enfrentamento à Criminalidade Violenta e Valorização dos Profissionais de Segurança Pública, foram pagos. No rateio, Mato Grosso do Sul completada o equivalente a 5,7%, sendo o Estado que mais conhecido o recurso da União. 

Os fundos utilizados para aquisição de equipamentos modernos e novas tecnologias, viaturas mais seguras, capacitação profissional, entre outros.

INVESTIMENTO

De acordo com a Sejusp, com o investimento será priorizado a aquisição de mais Unidades de Resgate para o Corpo de Bombeiros Militar, a melhoria da comunicação via rádio entre as polícias e a modernização da infraestrutura de radiocomunicação, principalmente nos locais onde há deficiência de sinal.

A proposta é que até o fim do ano o governo do Estado entregue um total de 590 novas viaturas nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul.

No ano passado, o Ministério informou que pretendia trabalhar em 2021 com os secretários de Segurança Pública na atualização dos eixos, financiamentos e critérios de taxa de recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública.

Em junho de 2020, R $ 502 milhões foram transferidos aos entes federados. Com isso, chega-se ao montante de R $ 1,2 bilhão transferido via FNSP em 2020.

SEGURANÇA

Em fevereiro deste ano, o governo de Mato Grosso do Sul entregou 127 viaturas para as polícias Civil e Militar, além do Corpo de Bombeiros. Na época, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou que o objetivo é que até o fim do ano o número desses novos veículos chegue a 590.

“A gente fortalece ainda mais as estruturas da segurança pública nos 79 municípios. Hoje, são 127, mas o previsto para o ano de 2021 são 590 novas viaturas, que vão fortalecer e que vão para a fronteira com proteção balístico. Isso é fundamental, fruto da economia da Secretaria de Justiça, do Fundo Estadual de Segurança e das emendas da bancada federal ”, disse Reinaldo Azambuja durante o evento de entrega das viaturas, em fevereiro.

Dos veículos entregues, 43 informados em Campo Grande e 84 foram distribuídos em 63 municípios do interior. O investimento é de R $ 23,8 milhões.

Foram entregues 82 SUV 4X4 para a Polícia Civil, 20 SUV 4X4 para a PM, 10 SUV 4X4 ao Batalhão de Polícia de Choque, duas caminhonetes 4X4 ao Bope, cinco para a Polícia Rodoviária Estadual e três para o DOF e cinco Unidades de Resgate para o Corpo de Bombeiros Militar.

Os recursos são originários de emendas da bancada federal e de repasses do Ministério da Justiça ao Fundo de Segurança Pública de Mato Grosso do Sul (FESP) mediante convênios, além de contrapartes do governo do Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here