Governador Reinaldo Azambuja (PSDB) atinge o maior nível de avaliação positiva

Instituto Ranking Brasil perguntou a 3 mil pessoas em 30 municípios, o que os eleitores acham do desempenho do governador Reinaldo Azambuja. Dos entrevistados, 43,20% consideram ótimo ou bom, e 33,90% avaliam como regular. Apenas 2,50% preferiram não responder ou não sabem.

Já na outra análise sobre o desempenho e satisfação dos trabalhos realizados no mandato do Reinaldo na administração do MS, aponta que 68,20% da população aprova o trabalho realizado pelo governador até o momento e 29,30% não aprovam como tem sido conduzido o mandato. Apenas 2,50% preferiram não responder.

A boa avaliação de Reinaldo Azambuja pode ser reflexo do fechamento de projetos nesta fase final da administração. Perto de concluir o último mandato, o governador tem percorrido todo o estado de Mato Grosso do Sul.

Só nos últimos meses, Reinaldo esteve presente em cinco regiões, entregando e vistoriando obras. Desde o dia 13 de junho passou por Porto Murtinho, Camapuã, Chapadão do Sul, Dourados e em Três Lagoas, onde inaugurou o Hospital Regional.

AVALIAÇÃO DO PRESIDENTE:

  • Bom/ótimo – 31,40%
  • Regular– 27,50%
  • Ruim/péssimo – 38,60%
  • Não sabe/não respondeu – 2,50%
  • PRESIDENTE, APROVA DESAPROVA:
    • Aprova – 45,00%
    • Desaprova – 52,60%
    • Não sabe/não respondeu – 2,40%
  • DADOS DA PESQUISA:

    Foram entrevistados três mil eleitores acima de 16 anos em 30 municípios do Estado entre os dias 27 de junho e 02 de julho de 2022. O levantamento tem os registros no TSE com os números: MS-02344/2022 e BR-05621/2022. A margem de erro máxima estimada é de 1,8 pontos percentuais, para mais ou para menos. O intervalo de confiança é de 95%. O Instituto Ranking Brasil é registrado no Conre 1 com o número: 8561.

    Veja a pesquisa completa em PDF no site:

    www.rankingpesquisa.com.br

    INSTITUTO RANKING BRASIL

    Contato: (67) 9 99680055/67 999623334

    https://www.facebook.com/institutorankingbrasil

    E-mail: rankingpesquisa@gmail.com

  • fonte – diariomsnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here