Itaquiraí regularizará situação fundiária de 700 propriedades em 2021

Ao dar cumprimento a uma determinação do prefeito Thalles Tomazelli, o secretário de Agricultura do município, Ricardinho Fávaro esteve participando de uma importante audiência pública com a presença da ministra Tereza Cristina, cuja reunião ocorreu no próprio Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), contando também com a presença de representantes dos municípios de Eldorado, Iguatemi, Juti, Paranhos e Naviraí. Itaquiraí apresentou à ministra suas reivindicações para impulsionar ainda mais a Agricultura Familiar.

Segundo Tereza Cristina, a parceria entre o Ministério e os Municípios envolvidos irá garantir a titulação de, pelo menos, 1.500 lotes dos 5.180 que estão localizados na região Cone Sul do Estado. Itaquiraí tem atualmente em torno de 3.000 (três mil) propriedades rurais e vale a pena ressaltar que 60% (sessenta por cento) delas são oriundas da reforma agrária no Estado.

De acordo com o prefeito Thalles Tomazelli, Itaquiraí abrange a maior parte dos assentamentos na região do Cone Sul e, com isso, das 1.500 propriedades que receberão a titulação ainda em 2021, Itaquiraí deverá compreender em torno de 350 regularizações e aproximadamente 350 títulos de domínio.

“É mais um sonho que está se tornando realidade. Os nossos pequenos produtores estão esperando há muito tempo por esse momento. O município é referência estadual pela implantação da Sala da Cidadania e agilidade por parte dos nossos servidores junto ao Incra, onde já atendemos mais 600 produtores desde o dia 10 de abril. Agora com a parceria entre o Município, Ministério da Agricultura, Incra e Anater, iremos dar mais agilidade na titulação de terras da reforma agrária, beneficiando ainda mais os produtores da agricultura familiar”, destacou o prefeito Thalles Tomazelli que, apesar de jovem, vem desenvolvendo um grande trabalho. (Texto: Guiomar Biondo – Decom Prefeitura de Itaquiraí).


Fonte: Guiomar Biondo – Decom Prefeitura de Itaquiraí

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here