De avião, mulher é resgatada em fazenda após ser baleada pelo marido

Mais uma vítima de violência doméstica, uma mulher de 55 anos, foi atingida por um tiro no peito ontem (13) em uma fazenda na região do Pantanal, a aproximadamente 200 quilômetros do município de Coxim. O principal suspeito do atentado é o esposo da vítima, que fugiu após o disparo. As informações são do portal Edição MS.

Os índices de violência não param de subir. Levantamento da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) aponta que de janeiro a novembro deste ano 5.324 casos de violência doméstica foram registrados em Mato Grosso do Sul. No ano passado, os números foram um pouco mais além, e marcaram 2018 com 5.824 de ocorrências de mulheres agredidas, a maioria por seus companheiros.

Violência que muitas vezes evolui para o feminicídio. Só nesse ano de 2019, de janeiro a novembro, a Sejusp levantou que 26 mulheres morreram vítimas dos próprios esposos ou namorados.

CRIME
Bastante ferida e com hemorragia, a mulher precisou ser socorrida de avião e ainda ontem foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros no aeroporto da cidade. Mesmo quando chegou consciente, a mulher foi levada com urgência até o hospital Regional Álvaro Fontoura com suspeita de hemorragia interna.

Equipes da Polícia Militar também estiveram no aeroporto para saber mais informações o que aconteceu. Segundo a polícia, a mulher havia ingerido bebida alcoólica com o marido quando eles se desentenderam e ele efetuou o disparo, que segundo a polícia seria de um revólver de calibre .38.

O suspeito está foragido e o caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Coxim.

VIOLÊNCIA

Outro caso que chocou moradores de Nova Andradina ocorreu na madrugada desta sábado no bairro São Vicente. Duas mulheres com idades entre 55 e 59 anos foram atingidas por diversos disparos de arma de fogo. O suspeito, é ex-marido de uma das mulheres que são irmãs. Após o crime ele fugiu e ainda não foi localizado pela polícia.

Elas foram socorridas até o hospital mais próximo, com muitos ferimentos. Segundo o Portal Nova News, uma delas chegou a unidade de saúde ainda inconsciente.

O caso, que foi registrado na Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM) como tentativa de feminicídio e segue sob investigação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here