Dois são multados por crime ambiental na mesma propriedade

Nesta quinta-feira (28), a PMA (Polícia Militar Ambiental) multou dois paranaenses por infrações ambientais em Batayoporã. Os dois dividem o mesmo lote de terra e estavam cometendo os crimes cada um em sua parte combinada.

O proprietário da fazenda localizada à margem da rodovia BR 267, havia perfurado um poço superior a 50 metros de profundidade, sem a licença ambiental do órgão competente.

Ele foi autuado administrativamente e também multado em R$ 10 mil e a atividade foi paralisada até a regularização junto ao órgão ambiental. O infrator vai responder por crime ambiental, com pena prevista de um a seis meses detenção.

Na mesma propriedade, um agricultor que arrenda uma parte da fazenda para plantação de mandioca foi multado por atear fogo em madeira em leiras, provenientes de uma supressão vegetal legalizada, realizada na área vistoriada.

De acordo com informações da assessoria de comunicação da PMA, a área das leiras incendiadas medida com uso de GPS perfez 3,1 hectares.

O arrendatário foi autuado administrativamente e multado R$ 3 mil por não possuir autorização ambiental para o uso de fogo. Ele também responderá por crime ambiental, com pena prevista de um a seis meses detenção.

Fonte: Dourados News

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here