Temporal acaba com barracão e deixa rastro de destruição em Amambai

Temporal que caiu na noite de ontem em Amambai – município a 360 km de Campo Grande, no extremo sul de Mato Grosso do Sul – deixou rastro de destruição na cidade. O barracão da empresa que trabalha na recuperação da rodovia que liga o município a Coronel Sapucaia caiu e tudo que estava embaixo ficou danificado, máquinas, caminhões, carros dos operários.

Conforme apurou o site Gazeta News, dois funcionários da empresa ficaram feridos e foram levados pelo Corpo de Bombeiros para o pronto-socorro do Hospital Regional de Amambai. Uma vítimas fraturou a perna direita e havia suspeita de hemorragia interna.

Há pelo menos 100 dias não havia chuva com volume significativo na cidade, também segundo a apuração do site local. A tempestade encerrou o longo período de estiagem, mas o vendaval destelhou casas, derrubou árvores e deixou parte da cidade sem energia.

Na Escola Municipal Júlio Manvailler, o vendaval arrancou parte da fachada da cobertura de acesso ao prédio e uma árvore caiu sobre dois carros. Na Vila São Luiz, outra árvore caiu sobre uma casa.

Barracão de construtora caiu, alojamento de funcionários foi destruído e dois homens ficaram feridos (Foto: Vilson Nascimento/A Gazeta News)

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) registrou 11,8 milímetros de chuva e rajadas de vento de 10 km por hora, mas pelo tamanho da devastação os números podem ter sido maiores.

Também choveu na noite de ontem em Mundo Novo. A quinta-feira amanheceu chuvosa em Dourados, o dia foi seco, mas na madrugada foram registrados 2,8 milímetros de chuva, conforme a estação meteorológica da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária).

Alerta – O Inmet já previa chuvas isoladas para a quinta-feira no Estado. A partir de hoje, conforme a previsão, “as pancadas de chuva ficam mais intensas e abrangentes no sul e sudoeste, com declínio de temperaturas nessa faixa, especialmente”.

O instituto também emitiu alerta para chuva com volume entre 20 e 10 milímetros, podendo chegar a 50 milímetros, e ventos intensos (de 40 a 60 km/h), além de queda de granizo para Mato Grosso do Sul. O aviso meteorológico especial começou a vale a meia-noite de ontem.

Ainda conforme o Inmet, é baixo o risco de corte de energia elétrica, mas podem haver estragos em plantações, queda de galhos de árvores e de alagamentos.

Árvore caída sobre carro; também foi registrada queda de árvore em uma casa (Foto: Direto das Ruas)

Fonte: Campo Grande News

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here