Aluno de mestrado da UFMS é preso em laboratório caseiro de drogas

Formado em biologia e aluno de mestrado na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Igor Alexer Amorim, de 25 anos, foi preso por fabricar haxixe em laboratório caseiro e traficar a droga. O flagrante foi feito por equipe da Denar (Delegacia Especializada de Combate ao Narcotráfico), segundo o delegado Hoffman D’Avilla, após denúncia anônima.

O laboratório, de acordo com a polícia, funcionava em cômodo nos fundos da casa de Igor, onde a polícia localizou 3 kg de maconha e materiais como liquidificar e dichavador, usados na fabricação do haxixe, de acordo com a polícia.

O estudante mora com a mãe em residência no Bairro Monte Carlo, no norte de Campo Grande.

O rapaz nega ser traficante, diz que aprendeu a fazer o haxixe pela internet e que apenas oferecia a droga para os amigos. “Mesmo que fosse, já configuraria tráfico”, afirmou o delegado durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira (12).

Hoffman disse que contrariando a versão do acadêmico, no celular dele foram encontradas conversas que indicar a venda do entorpecente. Tudo indica, ainda conforme a investigação, que Igor seria fornecedor de haxixe para a região do Monte Carlo há pelo menos 4 anos.

Igor foi preso em flagrante na tarde de ontem e está em cela da Denar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here