Operação da PF mira olheiros que vigiavam estradas para contrabandistas

Rede de informações montada na região de Dourados é alvo da Operação Contra e Bandum, nesta quarta 

Esquema montado por contrabandistas para vigiar estradas através de olheiros é alvo da Operação Contra e Bandum, deflagrada pela Polícia Federal nesta quarta-feira (10) em Mato Grosso do Sul. A investigação é conduzida pela Delegacia da PF em Dourados, a 251 km de Campo Grande.

Policiais saíram às ruas hoje cedo para cumprir mandados de busca e apreensão, quebra de sigilo bancário e sequestro de bens expedidos pela Justiça Federal em Dourados. Os locais dos mandados não foram informados.

Segundo a PF, a investigação apurou a existência de associação criminosa responsável pela organização, logística, recebimento de valores e coordenação de grupos em aplicativos de conversa para cometer crimes de contrabando e descaminho.

Os investigados participavam da gestão de grupos e integração de participantes, com informações recebidas de olheiros e de pessoas cooptadas pelo esquema sobre bloqueios, atuação das forças policiais e de fiscalização nas estradas.

Os alvos dos mandados cumpridos hoje também cuidavam da logística e contratação de transportadores das cargas ilegais, fazendo pagamentos semanais em contas bancárias dos envolvidos.

As informações sobre ações policiais eram repassadas e recebidas em tempo real pelos criminosos, permitindo direcionar os veículos com as cargas para impedir apreensões. – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here