Novo pacote de obras em Dourados qualifica infraestrutura, gera empregos e fortalece a saúde

“Estado de investimentos e oportunidades”. Com esta frase o governador Reinaldo Azambuja lançou um novo pacote de obras para Dourados, que ultrapassa R$ 70 milhões em investimentos. São empreendimentos que vão mudar a infraestrutura da cidade, além de reforçar as ações em segurança e na saúde pública.

“Já pedimos às empresas que antecipem os cronogramas, para concluir mais rápido as obras. São investimentos importantes como asfalto no Distrito da Picadinha, mais etapas do quadrilátero central, pavimentação do Bairro São Luiz, entre outros projetos”, disse o governador.

Entre as obras de destaque está a construção do Centro de Diagnóstico e Especialidades Médicas, que ficará em área anexa do Hospital Regional de Dourados. O investimento será de R$ 13,4 milhões. O governador assinou ordem de serviço para este empreendimento que visa qualificar os exames e tratamentos de saúde da região.

A obra é uma parceria com o Ministério da Saúde, que repassou R$ 6,8 milhões por meio de emendas do ex-secretário de Saúde, Geraldo Resende, na época em que era deputado federal, e contrapartida de R$ 7,1 milhões do Governo do Estado.  O Centro vai atender pacientes de 33 municípios da região da Grande Dourados.

“Vamos entregar o hospital regional, mas ao lado terá o centro de diagnóstico, que será mais um apoio para saúde de Dourados”, destacou o governador.

Para segurança pública teve a ordem de serviço para construção do heliponto, acesso e pátio para nova sede do DOF (Departamento de Operações de Fronteira). O objetivo é qualificar a estrutura das forças de segurança, para o enfrentamento ao crime organizado no Estado. O governador revelou durante o evento, que Dourados vai receber um novo helicóptero para segurança pública e um caminhão escada, que será usado em incêndios nos prédios.

Infraestrutura

Os investimentos em infraestrutura urbana continuam de forma pujante em Dourados. Neste novo pacote de obras está a restauração, drenagem e calçamento do quadrilátero central da cidade (setores 4 e 5), em um investimento de R$ 13,9 milhões.

Ainda assinou ordem de serviço para recuperação do pavimento de diversas ruas da Vila São Luiz, no Setor VI, com custo de R$ 3,3 milhões. Por meio do Detran-MS, são mais R$ 5,9 milhões para serviço de sinalização de vias públicas e instalação de duas travessias elevadas para pedestres. 

O distrito da Picadinha também foi contemplado e terá a pavimentação asfáltica e drenagem no local, investimento de R$ 10 milhões. Era um sonho de 35 anos dos moradores, que se encontram em uma área produtora e importante para Dourados, onde inclusive está localizada uma das primeiras escolas de formação educacional do município.

Foi autorizada também a licitação para iluminação da MS-156, em trecho que liga a cidade de Dourados a Itaporã. Serão destinados R$ 4,2 milhões para instalação deste sistema de iluminação de led. “Temos que apenas agradecer ao governador pelas ações, investimentos e geração de empregos com a vinda de novas empresas”, disse o prefeito de Dourados, Alan Guedes.

Esporte e saneamento

Outros setores também foram contemplados neste pacote, entre eles o saneamento básico, com mais R$ R$ 10,4 milhões em obras para ampliar e melhorar o sistema de abastecimento de água em Dourados. Este é um compromisso do Governo do Estado, por meio da Sanesul, que já investiu mais de R$ 147 milhões na cidade.

Para o esporte foi assinado convênio no valor de R$ 2,7 milhões para reforma e ampliação do Ginásio Municipal de Esportes Ulysses Guimarães, por meio da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul). A cidade ainda vai receber seis arenas esportivas do programa “MS Bom de Bola”.

O governador também inaugurou a obra de construção do Escritório Regional do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) em Dourados, no valor de R$ 4 milhões, e entregou 54 títulos de regularização fundiária a moradores dos Conjuntos Habitacionais Izidro Pedroso e Antônio João, que ficam na Vila Igreja da Pedra.

Núcleo Industrial

Junto ao pacote de obras, foi lançada a segunda fase do Núcleo Industrial de Dourados. O governador apresentou o novo projeto, que dispõe de uma área de 90 hectares. Após ser aprovado pela prefeitura municipal, começarão as ações de desenho de lotes, ações técnicas de infraestrutura para posteriormente serem doados às industrias interessadas.

Nesta nova fase podem ser utilizados recursos do Pró-Desenvolve (Fundo de Apoio à Industrialização), que é administrado pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar). Na solenidade ainda houve a assinatura para regularização dos terrenos doados às empresas até 2022.

“Nossa política é de trocar impostos por empregos e assim levar a industrialização para o Estado. Vamos fazer novas doações de terrenos a empresas, que vão gerar mais de 690 empregos”, destacou o governador. Ele adiantou que serão gastos R$ 7 milhões para qualificar a infraestrutura desta nova área.

O secretário Jaime Verruck, titular da Semagro, ressaltou que Dourados caminha para fortalecer sua industrialização. “O Governo já investiu R$ 11 milhões no polo industrial, que já gera mais de 2,5 mil empregos e a previsão é de mais 800 vagas em breve”.

Participaram da agenda do governador na tarde desta quarta-feira (18) os deputados estaduais Barbosinha, Marçal Filho, Zé Teixeira e Londres Machado. Os secretários Jaime Verruck (Semagro), Sérgio de Paula (Casa Civil), a diretora-presidente da Agehab, Maria do Carmo Avesani, diretor-presidente do Detran, Rudel Trindade Júnior e prefeitos da região.

Leonardo Rocha, Subcom
Fotos: Chico Ribeiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here