Reinaldo propõe unificar preços de insumos da saúde em encontro no RS

Durante o encontro de governadores do Codesul (Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul) nesta terça-feira (15), o sul-mato-grossense Reinaldo Azambuja (PSDB) sugeriu a elaboração de uma ata nacional de registros de preços para que seja feita de forma mais prática a compra de insumos e equipamentos na área da saúde.

O dispositivo, segundo o governador, seria gerido pelo Ministério da Saúde. “Está muito difícil essa questão dos insumos, principalmente kit intubação. Propor uma ata nacional, de registro de preços pelo Ministério, orquestrada e organizada, que possa ter a aderência de todos os estados brasileiros”, frisa o governador.

Reinaldo ainda reclamou que os laboratórios se aproveitam do momento para subir os preços, pressionando estados e municípios que precisam adquirir tais produtos com a maior celeridade possível. “Se o Ministério unificasse atas de registros de preços nacionalmente facilitaria muito a tomada de decisão na compra”.

Além disso, outra ideia apresentada por Azambuja foi referente a uma pactuação nacional para reduzir filas de cirurgias eletivas que estão represadas e vão surgir após o controle da covid-19 no país – tais estão suspensas por causa da crise sanitária.

Reinaldo participou do encontro nesta tarde de terça-feira (15) no Palácio Piratini, sede do Governo do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre (RS). A agenda também serviu para negociar outros interesses do Estado no sul do país. – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here