Há dois meses, Regional não registra óbitos de idosos com mais de 90 anos por Covid-19

Há dois meses, o Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS), unidade de referência no combate à Covid-19, não registra óbitos de idosos com mais de 90 anos pelo coronavírus.

A diretora presidente do HRMS, Rosana Leite de Melo, informou que o último óbito registrado pelo vírus em idosos acima dos 90 anos, foi registrado no início de janeiro.

O número de internações também apontou queda, conforme os dados do HRMS, nos primeiros 10 dias de janeiro houveram 11 internações de idosos com mais de 90 anos por Covid-19, durante o mesmo período no mês de fevereiro, apenas três pessoas desta faixa etária foram internadas em decorrência do vírus.

Desde o início da pandemia, o Hospital Regional registrou 960 óbitos.

O infectologista André Barbosa destaca que os índices são resultados da campanha de imunização, principalmente nas mortes desse grupo, que começou a receber os imunizantes há mais de 30 dias.

“Considerando este grupo já recebeu até mesmo a segunda dose do imunizante e que eles começam a fazer efeito em até 15 dias depois, é possível que a redução possa já ser reflexo da vacinação, especialmente em relação às mortes. Precisamos analisar se os números vão se manter, pois é um resultado fantástico e confirma aquilo que: a vacinação é essencial e o único caminho para vencermos a pandemia”, afirmou.

A responsável pelo Regional afirmou que a situação ainda requer cuidado, visto que, mais uma vez, Mato Grosso do Sul registrou recorde com 832 internados nesta segunda-feira, sendo 462 em leitos clínicos (315 público; 147 privado) e 370 em leitos de UTI (266 público; 104 privado).

“Vivemos um momento delicado na saúde pública, o uso de máscara, álcool gel e todas as medidas necessárias para evitar a propagação do vírus são mais que necessárias, só assim poderemos atravessar esse momento”, apontou o infectologista.

IMUNIZAÇÃO 

Mato Grosso do Sul se aproxima de sua primeira meta do plano de vacinação estadual, o estado tinha como objetivo vacinar 90% dos idosos com mais 80 anos com a primeira dose da vacina contra Covid-19, e a atualização do Vacinômetro do Portal Mais Saúde, desta segunda-feira (15), aponta que o estado já vacinou 86,74% deste grupo.

O estado já recebeu 309.320 doses de vacinas contra a covid-19, dessas 230.169 foram aplicadas, conforme detalhado na atualização dos dados do Vacinômetro.

O percentual de vacinados em todo o Estado é de 5,46%, já o de imunizados, ou seja daqueles que receberam as duas doses da vacina é de 2,42%.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here