Traficantes de maconha são mortos em confronto com policiais na fronteira

Dois homens ainda não identificados morreram em troca de tiros com policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira), ontem (9) na região de Iguatemi, município vizinho do Paraguai.

Eles transportavam 844 quilos de maconha em uma Ford Ecosport roubada, tentaram fugir policiais e durante a fuga atiraram na direção dos policiais, que revidaram e alvejaram os dois suspeitos. Socorridos ao Hospital de Iguatemi, os dois homens morreram em seguida.

Edvaldo Gomes Martins, 23, que fazia o trabalho de batedor de estradas para a maconha em uma moto, foi preso e confessou que receberia R$ 2 mil para guiar os ocupantes da Ecosport até Itaquiraí, cidade a 70 km de Iguatemi.

Trazido para a sede da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira) em Dourados, Edvaldo foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. Os corpos dois homens não identificados serão levados para o IML de Naviraí.

Confronto – De acordo com a assessoria do DOF, na manhã de ontem os policiais faziam fiscalização numa estrada vicinal na região de Iguatemi quando tentaram abordar a Ecosport preta. Os dois ocupantes abandonaram o carro e correram para o mato às margens da estrada. No veículo foram encontrados 33 fardos, pesando 844 quilos de maconha.

Em seguida os policiais abordaram o batedor. Edvaldo Martins contou que tinha sido contratado para orientar os dois homens pelas estradas da região, comunicando através de rádio comunicador. Ele disse que a dupla pegou o carro já preparado com a droga em Coronel Sapucaia para entregar em Itaquiraí.

Segundo o DOF, durante buscas pelos dois fugitivos houve troca de tiros e os suspeitos alvejados. A dupla não tinha documento de identificação. Com eles foram apreendidos um revólver Taurus com seis cápsulas deflagradas, outro revólver, marca Rossi, com cinco cápsulas disparadas e dois rádios de comunicação.

Fonte: Campo Grande News

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here