Trabalho inovador de MS no Criança Feliz traz técnicos do Governo Federal ao Estado

Uma iniciativa pioneira implantada em Mato Grosso do Sul no âmbito do Programa Criança Feliz trouxe, na última semana, técnicos do Ministério da Cidadania para acompanharem de perto a inovação pensada por técnicos da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast).

O destaque de MS se dá em face da implementação do atendimento direto com crianças nas unidades de acolhimento, e que leva o nome de Intervenção na Unidade de Acolhimento – (UAI Bebê), em parceria com o município de Campo Grande. A equipe do Criança Feliz, nas demais regiões do Brasil, realiza visitas somente em domicílios.

Conforme destaca a coordenadora do Criança Feliz em MS, Edna Bordon, o Estado tem sido referência no modelo de gestão do programa primeira infância no Sistema Único de Assistência Social (SUAS – Programa Criança Feliz), quer seja por seu processo metodológico formativo, que integra a grade de educação continuada da Escola do SUAS/MS “Mariluce Bittar”, ou ainda pelas propostas de projetos piloto.

A equipe da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social, por meio do Departamento de Atenção a Primeira Infância (DAPI), formada por Tatiane Parra Roda, Palloma Frutuoso e Florentino Leonidas, realizou a visita de apoio técnico, que contou ainda com reunião com a equipe do município de Campo Grande e equipe técnica do Estado, e participação na reunião do Colegiado Estadual de Gestores Municipais da Assistência Social de Mato Grosso do Sul (COEGEMAS-MS).

Equipe técnica do Programa Criança Feliz durante reunião na Sedhast

Criança Feliz

O Criança Feliz integra ações coordenadas em várias áreas, como saúde, assistência social, educação, justiça e cultura. Além disso, são incluídas as visitas domiciliares semanais, com o objetivo de oferecer às famílias mais informação e interação com suas crianças, identificando as oportunidades e os riscos para o desenvolvimento infantil, focando em crianças de zero a três anos.

Em Mato Grosso do Sul 28 municípios já contam com equipes do Programa Feliz. Em 2018 mais de 83,2 mil visitas foram realizadas pelas equipes do programa.

O Programa Criança Feliz foi instituído pelo Decreto nº 8.869, de 5 de outubro de 2016, com caráter intersetorial, sendo fruto da Lei nº 13.257 de 08 de março de 2016 do Marco Legal da Primeira Infância.

Leomar Alves Rosa – Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast)

Fonte: Portal do MS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here