Irmã morre e mulher suspeita que marido a intoxicou com remédios em Campo Grande

A irmã de uma mulher de 30 anos procurou a delegacia de Campo Grande, na noite desta segunda-feira (2), após desconfiar que a morte da vítima teria sido provocada por intoxicação. O caso foi registrado como morte a esclarecer.

Na delegacia, ela disse que a irmã foi internada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Leblon no dia 31 de julho, com uma suspeita de parada cardíaca, transferida para a Santa Casa. Mas, seis horas depois acabou morrendo.

Ela teve uma insuficiência respiratória aguda grave e hipertensão arterial, descartada Covid-19. Ela afirmou que a vítima havia contado estar consumindo substâncias que aumentavam a pressão arterial.

A mulher ainda disse para a mãe que estava tomando remédios ministrados pelo marido, por isso a irmã desconfia de que teria sido intoxicada. O caso foi registrado na Depac Centro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here