Estado registra 21 mortes, quase 1 por hora, e outros 239 pacientes estão na UTI

A sexta-feira (14) mostram que a covid-19 segue em ritmo acelerado em Mato Grosso do Sul. Desde ontem, são mais 21 vítimas fatais, quase 1 morte por hora. A taxa de letalidade voltou ao 1,7%, . O Estado registrou outros 875 testes positivos, o que eleva o número de contaminados para 35.434. A média é de 788 casos ao dia na semana.

Em comparação a quinta-feira, outro dado que cresceu foi o de internações em UTI. O número passou de 225 ontem, para 239 pacientes agora, do total de 549 internados.

Campo Grande – Na Macrorregião da Capital, que engloba 34 municípios, a taxa de ocupação na Unidade de Terapia Intensiva também voltou a subir consideravelmente. De 79% para 84% nesta sexta.

Só aqui em Campo Grande, as últimas 24 horas foram de 10 mortes confirmadas. Na cidade, 222 pessoas já foram sepultadas em decorrência do coronavírus desde abril. As vítimas recentes tinham entre 30 e 87 anos e apenas um idoso, de 79, não relatou nenhuma outra doença que complicasse o quadro.

Aquidauana registrou quatro mortes pela doença, todas de homens entre 53 a 80 anos. Dois deles não tinham comorbidade alguma. Mulher, de 51, faleceu na vizinha, Anastácio.

Em Corumbá morreram uma idosa, de 69, e um idoso, de 68 anos. Na vizinha Ladário, mulher de 57 não resistiu.

Também faleceram um douradense, de 78 anos, um homem em Coxim, de 76, e outro em Ponta Porã, de 62.

– CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here