Prefeitos do Conisul se reúnem em Amambai para discutir ações para a região

Vilson Nascimento
Prefeitos e representantes de prefeitos dos 14 municípios que integram o Conisul (Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento da Região Sul de Mato Grosso do Sul) se reuniram na manhã da terça-feira, 14 de julho, em Amambai para debater temas relacionados ao desenvolvimento da região.

Segundo o presidente do Consórcio Intermunicipal e anfitrião da reunião, o prefeito de Amambai, Dr. Edinaldo Bandeira, a predominância dos temas da reunião foi o emprego da usina de processamento de CBUQ, que foi doada ao Conisul por meio de trabalho da então deputada federal, hoje ministra de abastecimento, agricultura e pecuária do Brasil, Tereza Cristina.

De acordo com Dr. Bandeira, a usina que é transportável e está em operação, atualmente está instalada no município de Iguatemi, onde beneficiou Iguatemi e municípios circunvizinhos com produção de massa para asfalto e recuperação asfáltica, nos próximos dias deverá seguir para Naviraí, para atender o município sede e municípios daquela região que fazem parte do Consórcio Intermunicipal.

Atualmente, com o emprego da usina do Consórcio, os municípios associados conseguem confeccionar CBUQ para asfalto e restauração de ruas pavimentadas com preço bem abaixo do praticado no mercado regular, mas o Conisul busca, junto ao Governo do Estado, em Mato Grosso do Sul, meios para tentar baratear ainda mais este custo de produção.

Segundo o presidente do Consórcio, o médico ortopedista Edinaldo Bandeira, até o momento os municípios adquiriam o material para a confecção do asfalto pela usina, mas tinham que arcar, além do transporte, com a terceirização de empresas com equipamentos para realizar a aplicação do CBUQ.

“Por meio de articulação junto ao Governo do Estado, já quero aqui de antemão agradecer ao governador Reinaldo Azambuja e ao secretário de Estado, de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel por atenderem a demanda do nosso consórcio, o Conisul terá a disposição uma patrulha asfáltica. Com isso além de produzir a massa por meio da usina, o Consórcio também terá os equipamentos para transporte e aplicação do CBUQ”, destacou Dr. Bandeira ao ressaltar que, com essa nova conquista, além de agilizar o processo de aplicação, os municípios do bloco poderão economizar ainda mais em obras de pavimentação e recuperações de ruas nas cidades da região.

Além do anfitrião, Dr. Edinaldo Bandeira, participaram na reunião do Conisul na manhã dessa terça-feira (14) em Amambai, o prefeito de Aral Moreira, Alexandrino Garcia, o prefeito de Sete Quedas, Chico Piroli, o prefeito de Tacuru, Carlos Alberto Pelegrini, o “Carlinhos Pelegrini”, o prefeito de Paranhos, Dirceu Bettoni, a prefeita de Iguatemi, Dra. Patrícia Margatto, o prefeito de Mundo Novo, Valdomiro Sobrinho, o prefeito de Itaquiraí, Ricardo Fávaro, a prefeita de Jutí, Elizângela Martins Biazotti dos Santos, a “Laka”, o prefeito de Naviraí, Dr. Izauri Macedo e o prefeito de Japorã, Paulo César Franjotti.

O prefeito de Caarapó foi representado pelo secretário municipal Roberto Nakayama e o prefeito de Coronel Sapucaia, Rudi Paetzold foi representado pelo vice-prefeito, Lauri Turaatto. Além dos municípios já citados também integram o Conisul o município de Eldorado.

O vice-prefeito de Amambai, Valter Brito da Silva, o presidente da Câmara Municipal de Sete Quedas, vereador Paulo Cezar Barbizan, o “Paulo Caxa” e o vereador de Paranhos, Hélio Acosta, também acompanharam a reunião do Conisul nessa terça em Amambai.

Legenda: Nas fotos momentos da reunião do Conisul na manhã da terça-feira (14) em Amambai. Operacionalização da usina própria de fabricação de asfalto foi o tema predominante, segundo o prefeito de Amambai e presidente do Consórcio, Dr. Edinaldo Bandeira. (Fotos: Vilson Nascimento)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here