ALEMS testa aplicativo e realizará terça-feira sessão por vídeoconferência

Nesta sexta-feira (3), a equipe de informática da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) realizou o último teste para utilização de um aplicativo de votação à distância. A expectativa é que o dispositivo entre em operação na próxima terça-feira (7). O presidente da Casa de Leis, deputado Paulo Corrêa (PSDB), esteve presente durante a simulação.

“Aliado à responsabilidade com o bem-estar e integridade de todos que frequentam a Assembleia, está nosso compromisso com o Estado e a população. Por isso, já temos lançado mão de todos os recursos eletrônicos disponíveis para manter a atividade Legislativa, na esteira, por exemplo, do que vem sendo feito no Senado Federal, com participação maciça e remota dos parlamentares”, afirmou. “Nosso trabalho por Mato Grosso do Sul não parou em momento algum dessa pandemia e assim seguiremos constantes e presentes para sairmos ainda maiores dessa crise”, complementou o presidente.

Conforme o gerente de Informática da Casa de Leis, Paulo Zandoná, os testes demonstraram que o sistema é estável. “Adquirimos a licença do sistema Zoom por 30 dias, com capacidade para conectar 250 pessoas ao mesmo tempo. O recurso mostrou bastante eficiência nos testes, inclusive, em nenhum momento travou”, explicou. Ainda segundo Zandoná, o próprio sistema fará a gravação das sessões legislativas.

Para o 1º secretário da Assembleia Legislativa, essa foi a opção escolhida por todos os parlamentares, que estão engajados em evitar a propagação da Covid-19. O aplicativo ja foi instalado nos aparelhos celulares dos deputados estaduais. “A tecnologia está contribuindo para que a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul cumpra seu papel em meio a este momento tão difícil que atravessamos”, destacou Teixeira.

Inovação

Na próxima terça-feira, deverá ser realizada a terceira sessão remota na ALEMS, sendo a primeira por vídeoconferência. Atendendo recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde, e preocupada com a saúde e a integridade física de servidores, parlamentares, funcionários terceirizados e os mais de 50 mil cidadãos que visitam mensalmente a Casa de Leis, a Mesa Diretora decidiu prorrogar o prazo de suspensão das atividades presenciais até o próximo dia 17 de abril. Saiba mais clicando aqui.

Fonte: Assembleia Legislativa MS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here