Governo Presente: Amambai pede construção de anel viário, asfalto e pontes de concreto

Naviraí (MS) – Atendidas na 5ª edição do Governo Presente, as lideranças de Amambai fizeram nesta sexta-feira (25.10) vários pedidos ao governador Reinaldo Azambuja: construção de um anel viário, asfaltamento de ruas e construção de pontes de concreto para escoar a produção agrícola. A etapa está sendo realizada em Naviraí.

De acordo com o prefeito de Amambai, Edinaldo Luiz de Melo, o Bandeira, o município tem 81 pontes de madeira, que não contam com a mesma durabilidade das passagens de concreto.

Bandeira afirmou que o Governo do Estado tem várias parcerias com o Município, principalmente nas áreas de infraestrutura e saúde, e destacou a importância da política municipalista do governador Reinaldo Azambuja por meio de programas como o Governo Presente. “Tenho certeza de que eventos como este engrandecem muito o Governo do Estado frente aos municípios. Essa interação nos aproxima”, disse.

Participaram da audiência o presidente da Assembleia Legislativa, Paulo Corrêa; deputado federal Beto Pereira; deputados estaduais Lídio Lopes, Onevan de Matos, Gerson Claro e Londres Machado; e os secretários Sérgio de Paula (Articulação Política), Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica), Jaime Verruck (Semagro), Maria Cecília Amendola da Motta (Educação) e Geraldo Resende (Saúde).

A reunião contou ainda com os secretários-adjuntos de Estado C. Barbosa (Sejusp) e Luis Roberto (Seinfra); diretores-presidentes Walter Carneiro Junior (Sanesul), Maria do Carmo Avesani Lopes (Agehab) e Mara Caseiro (Fundação de Cultura); além do vice-prefeito Valter Brito da Silva; presidente da Câmara Municipal, Janete Moraes Obal Córdoba; vereadores Darci José da Silva, Ilzo Victor Arce Vieira, Maikell Ruiz Martins, Geverson Vicentim, Dilmar Dalvane Bervian, Luiz Fernando Fischer, Robertino Dias, Carlinhos, Humberto Echeverrias Hasegawa e Tiane; secretários municipais Jairo Moreto (Gestão), Zita Cetenaro (Educação), Eder Espíndola (Obras), Lígia Borges (Esportes), Eronildes Silveira (Assistência Social) e Dirlene Zanete (Saúde).

Investimentos

Construção de ponte de concreto sobre os rios Amambai e Taquara e restauração e pavimentação de vias urbanas, que receberam também sistema de drenagem de águas pluviais. Essas são algumas das obras executadas pelo Governo do Estado em Juti desde que Reinaldo Azambuja assumiu o Governo do Estado em 2015. Os recursos viabilizados pelo Estado chegam a R$ 64,615 milhões nesse período.

Só em obras de infraestrutura são R$ 47,820 milhões. Além de projetos já concluídos, a Empresa de Saneamento (Sanesul) está construindo Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), com capacidade de 5,5 litros/segundo e executando 4.328 metros de rede coletora de esgoto e implantação de 161 ligações domiciliares de esgoto. Recursos do PAC 2 – R$ 2,554 milhões.

A Agência de Habitação Popular (Agehab) já entregou 155 das 159 moradias programadas para o município e fez a entrega de títulos definitivos para 30 famílias do Residencial Juti. Na saúde, os investimentos chegam a R$ 2,530 milhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here