Com apoio da Fundesporte, equipes do MS buscam medalhas nos JUBs

Trinta e quatro atletas de Mato Grosso do Sul vão em busca de medalhas na Fase Final dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), apoiados pelo Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte). Destes, treze competem nas modalidades individuais judô e natação, nos naipes feminino e masculino, segundo a Federação Universitária de Esportes de Mato Grosso do Sul (Fuems).

A competição, que reúne os melhores atletas universitários do País, ocorre de 21 a 28 de outubro em Salvador e Lauro de Freitas, na Bahia. O Comitê Organizador da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) espera receber aproximadamente 2.500 atletas e técnicos. Os JUBs são disputados há mais de seis décadas e representam a maior competição entre instituições de educação superior do Brasil e da América Latina.

A delegação de judô do Estado conta com Ayhan Liell Zanella, Caike Kelltonny de Araujo Abreu, Carlos Honório Velasquez Salles, Mateus Batista Pita, Yuri Araujo Marques Lourenço e Luan Nantes Sartori no masculino. No feminino MS está representado pelas atletas Ana Carla Rios Grincevicus, Gabriela Stroppa Paliano, Maria Fernanda Pio Sabbo e Yasmin Mayumi Carvalho Maruyama.

A natação sul-mato-grossense será representada por Lucca Vilas Boas de Paula e Rodrigo Chaadi Scaff, no masculino, e Isabella Rios Grincevicus no feminino. As modalidades individuais têm Maximiliano Silva Rios e Alessandro Souza Nascimento como membros da comissão técnica.

Futsal

No futsal nas duas categorias o Estado é representado pela UCDB. A equipe feminina de futsal da Universidade Católica Dom Bosco foi sorteada no Grupo B do torneio, ao lado da Universidade de Fortaleza (Unifor), do Ceará, e Faculdade Metropolitana (FM), de Rondônia. As jogadoras sul-mato-grossenses garantiram vaga à Fase Final após ficarem em terceiro lugar na Conferência Sul dos JUBs, que ocorreu de 19 a 24 de agosto em Maringá-PR.

Equipe do futsal da UCDB representa Mato Grosso do Sul na maior competição de instituições universitárias do País

Já o time masculino caiu no Grupo C do certame, composto também pela Escola Superior Madre Celeste (Esmac), do Pará, e Faculdade Estácio de Sá, de Goiás. Os atletas terminaram a Conferência Sul na segunda colocação. O plantel de ambos os naipes será comandado pelo técnico Luiz Fernando Borges Daniel, conhecido como Nando no meio esportivo. Ele será auxiliado por Wellen Thatiane da Silva.

Ao todo, são 12 equipes, em cada naipe, em busca da medalha de ouro, divididas em quatro chaves com três times cada. A fase classificatória terá início na terça-feira (22.10). As quartas de finais acontecerão na sexta-feira (25.10), as semifinais no sábado (26.10) e a final no domingo (27.10).

“Acredito que as equipes de ambos os naipes têm totais condições de avançar às quartas de final. Treinamos, para esta competição, cinco vezes por semana e os times estão bem preparados”, avalia o técnico da UCDB, Luiz Fernando Borges. O elenco feminino não terá a atleta Thaynara, que rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho durante os Jogos Interatléticas de Mato Grosso do Sul (Jims). Por sua vez, o selecionado masculino vai a Salvador com o plantel completo.

Sequência ao desporto escolar

De acordo com o gerente geral de Desenvolvimento de Atividades Desportivas da Fundesporte, professor Paulo Ricardo Nuñez, a participação de atletas de Instituições de Ensino Superior (IES) nos JUBs dá continuidade ao planejamento estratégico da Fundesporte de treinamento desportivo de alto rendimento, desde o nível escolar. “Como visualizamos toda a estrutura esportiva do Estado, os JUBs representam para nós uma sequência dos Jogos Escolares da Juventude de Mato Grosso do Sul. Temos a expectativa de ter bons resultados a nível escolar, principalmente de 15 a 17 anos na etapa nacional dos Jogos Escolares, a sequência deste trabalho está focada nos JUBs”.

“Quanto mais equipes de excelência tiverem a possibilidade de irem aos JUBs, para nós como fomentadores do esporte no Estado, é mais importante em termos de investimento, porque quanto mais equipes tiver representatividade nacional, o investimento nessas equipes universitárias será maior. Nós temos realmente uma visão de que a sequência do nosso trabalho dos Jogos Escolares é a ida do maior número de equipes aos JUBs”, frisa Nuñez.

Para o professor formador integrante do Programa Escolar de Formação e Desenvolvimento Esportivo de Mato Grosso do Sul da Fundesporte e ex-presidente da Federação Universitária de Esportes de Mato Grosso do Sul (Fuems), Luiz Magalhães, as equipes universitárias do Estado estão sempre muito bem preparadas. “Nos últimos cinco anos, evoluímos o desporto universitário estadual, com a Fundesporte sempre apoiando os Jogos Universitários Estaduais, sempre dando as melhores condições possíveis para as IES e atletas. Fazemos questão de proporcionar sempre também a ida de atletas às fases nacionais das competições”.

Magalhães destaca que o futuro do esporte sul-mato-grossense está nas escolas. “Para nós, é fundamental fomentar cada vez mais este desporto, para que tenhamos equipes de alto rendimento. As equipes da UCDB são exemplos de continuação do que foi planejado em âmbito escolar”.

 

Lucas Castro – Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).

Foto: Divulgação/Fundesporte

Fonte: Portal do MS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here