Grupo de trabalho vai para tratar do patrimônio imobiliário do Poder Executivo Estadual

Está instituído o grupo de trabalho interinstitucional para elaborar a pauta de valores mobiliários para o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul. Integrado por cinco membros titulares, o GT contará com servidores da Secretaria de Estado de Fazenda (SEFAZ), Secretaria de Estado de Infraestrutura (SEINFRA) e Procuradoria-Geral do Estado (PGE). A informação está publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (17.10), por meio do Decreto nº 15.296, de 16 de outubro de 2019.

Conforme o documento, o Secretário de Estado de Fazenda indicará o coordenador do grupo, dentre os representantes da Sefaz, ao qual competirá estabelecer o calendário de encontros para a execução dos trabalhos. Todos os membros serão indicados pelos dirigentes máximos dos órgãos que representam e designados por ato do Governador do Estado.

A publicação reforça que a participação no Grupo de Trabalho Interinstitucional não será remunerada e seu exercício será considerado de relevante interesse público. As conclusões do GT serão apresentadas ao Governador do Estado no prazo de 90 dias, contados da data de sua instalação, permitida a prorrogação por igual período.

De acordo com o Secretário de Fazenda, Felipe Mattos, o GT vai tratar de assuntos relacionados ao patrimônio imobiliário do Poder Executivo Estadual como a regularização de imóveis para atendimento às novas regras contábeis e registros patrimoniais, obras em andamento, classificação contábil e benfeitoria em propriedade de terceiros.

“Os servidores também realizarão um estudo sobre as averbações das obras que estão em andamento para que, posteriormente, seja publicada uma legislação estadual específica regulamentando o assunto. O objetivo principal desse trabalho é normatizar a situação patrimonial do Estado”, explicou Mattos.

O decreto entra em vigor na data de publicação. Assinam o governador Reinaldo Azambuja, o Secretário de Fazenda, Felipe Mattos, o Secretário de Infraestrutura, Murilo Zauith e a Procuradora-Geral do Estado, Fabiola Marquetti.

Diana Gaúna – Secretaria Estadual de Fazenda – Sefaz
Foto: Chico Ribeiro.

Fonte: Portal do MS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here