Após 12 horas, corpo de pintor que desapareceu em lago é encontrado

Foi encontrado no início da manhã desta quinta-feira (3) o corpo de Agripino Medina, 55 anos, pintor que desapareceu na tarde de ontem (2) no lago do Campo Grande Praia Clube, localizado na BR 163, saída da cidade para São Paulo, em Campo Grande.

Segundo apurado pelo Campo Grande News, Agripino foi encontrado boiando no lago por volta das 6h. Agora, três equipes do Corpo de Bombeiros estão no local e aguardam a Perícia para fazer a retirada do corpo do pintor da água.

Movimentação de bombeiros no clube nesta manhã, antes da retirada do corpo do lago. (Foto: Henrique Kawaminami)
Arlei de Oliveira contou que a vítima havia sido contratado para fazer pintura. (Foto: Henrique Kawaminami)

O diretor do clube, Arlei de Oliveira, contou que Agripino era ex-funcionário da empresa e que foi contratado recentemente para fazer a pintura do local. Familiares relataram que a vítima usava marca-passo e que estava passando mal desde a segunda-feira (30).

Na tarde de ontem, logo após o pintor desaparecer, o salva-vidas do clube foi chamado e, durante varredura aos arredores do lago, chegou a encontrar o chapéu e o chinelo da vítima na água.

A principal suspeita é de que Agripino tenha passado mal e caído no lago. O clube, que abre de quarta a domingo, ficará fechado por tempo indeterminado. No momento do acidente não havia ninguém no local.

Fonte: Campo Grande News

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here