Polícia apreende pasta-base suficiente para produzir 600 quilos de cocaína

Policiais rodoviários federais, com apoio do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) de Minas Gerais, apreenderam ontem (5) em Maracaju, a 160 km de Campo Grande, 210 quilos de pasta-base de cocaína.

O produto seria suficiente para produzir pelo menos 600 quilos de cloridrato de cocaína, a droga em estágio mais puro. O cálculo, segundo policiais que atuam no combate ao narcotráfico em Mato Grosso do Sul, é de três quilos de cocaína pronta para o consumo para cada quilo de pasta-base.

A droga estava em quatro malas encontradas em um GM Agile com placa de Campo Grande, parado pela PRF perto da entrada de Maracaju. O motorista de 24 anos confessou que transportava droga.

As bagagens com a droga estavam sobre o banco traseiro e no porta-malas do carro. Durante o flagrante, os policiais ouviram outro homem chamando pelo condutor do Agile através do rádio amador instalado no carro.

Alguns quilômetros à frente, os policiais abordaram um Fiat Uno com placa de Campina Grande do Sul (PR). O condutor 25 anos negou que estivesse fazendo o serviço de batedor para o Agile, mas os PRFs encontraram um rádio amador escondido no painel do Uno. Os dois presos e a droga foram encaminhados à Polícia Civil em Maracaju. Os nomes não foram divulgados.

Fonte: Campo Grande News

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here