Trio é preso após roubar malote com R$ 91,6 mil próximo de agência bancária

Policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais) da 1ª Delegacia de Polícia Civil, prenderam três bandidos que teriam roubado um malote de um posto de combustível com cerca de R$ 91,6 mil em Nova Andradina, cidade a 300 quilômetros de Campo Grande.

O douradense Anderson Goncalves Teles, de 34 anos, Sidimar Domingos Padoam, de 36 anos e Edmar de Almeida Barros, de 33 anos, ambos de Nova Andradina já eram monitorados pela Polícia Civil, por suspeitas de terem cometido outros roubos no município.

Segundo o Jornal da Nova, o gerente administrativo de um posto de combustíveis foi abordado pelo trio, pouco antes de entrar em uma agência do Sicredi, onde iria depositar o montante. Aos policiais a vítima disse que foi surpreendido por dois homens, um que anunciou o assalto – que estava com o capacete e um revólver – e o outro que pilotava uma motocicleta modelo Honda/CG.

Após pegaram o malote eles fugiram sentido Bairro Horto Florestal, na cidade. O SIG foi acionado em seguida e por imagens de câmeras de segurança, conseguiram identificar Edmar de Almeida. Os agentes então foram até a casa do suspeito na Avenida Eurico Soares Andrade, no Bairro Horto Florestal, onde ele, Sidmar e outros dois comparsas foram flagrados enquanto iam em direção a um veículo Mercedes-Benz, de Edmar, que estava estacionado na rua.

Um dos suspeitos ainda conseguiu fugir, mas os outros três foram capturados. Somente dentro da cueca de Sidimar os policiais encontraram R$ 18 mil. Tanto ele quanto Edimar já eram suspeitos de outros dois roubos de malotes em dezembro de 2018 e outro no início deste ano.

Dentro do imóvel, também foi apreendida a motocicleta utilizada no assalto, malotes vazios com papéis da vítima e as roupas utilizadas no crime pelos criminosos. Os capacetes e uma espingarda de pressão calibre 22 de Edmar também foram apreendidos, mas a arma usada no crime não foi encontrada.

As laminas de cheque e parte do dinheiro roubado também não foram localizados. A suspeita é de que o dinheiro poderia estar com o suspeito que conseguiu fugir. Com o trio foi recuperado R$ 20.308,00.

Ainda segundo a polícia, Sidimar e o criminoso que fugiu da abordagem policial é quem teriam roubado a vítima. Em seguida eles foram direto para a casa de Edmar, que já os aguardava para ajudá-los a fugirem e dividirem o dinheiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here