Audiência pública discute dificuldades que professores do Estado enfrentam

Profissionais do administrativo de escolas da rede estadual participarão nesta segunda-feira (22), de uma audiência pública na AL (Assembleia Legislativa) para pedir o apoio da comissão de educação, nas negociações com o governo.

De acordo com o presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Jaime Teixeira, os problemas que a classe enfrenta serão apresentados durante os próximos dias, como parte da Semana Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública, que acontece em todo o Brasil.

“Estamos iniciando a semana com essa audiência aqui na assembleia, para discutir a vida funcional do nosso administrativo. Temos um problema com esse governo do Estado, que criou o abono lá em 2016, mas até agora não foi incorporado. É o início dos debates na educação pública pela questão do administrativo”, afirma.

Na quarta-feira (24), a categoria irá se reunir na Câmara Municipal de Campo Grande, para tratar de assuntos relacionados à rede municipal. A pauta será a reforma da previdência.

“É o problema que mais afeta os professores, pois eleva a idade da mulher, igual à do homem para se aposentar, ou seja, 82% do nosso efetivo, que é composto por mulheres, terá que trabalhar mais 12 ou 13 anos. Na câmara, nós queremos discutir a implantação do piso nacional e o apoio dos vereadores contra a reforma da previdência.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here