Homem é preso suspeito de matar vendedora para roubar eletrônicos

Nivalcir Lúcio Cândido (27) conhecido como “Coringa”, é o principal suspeito de matar a vendedora de espetinhos, Marcelina Robles Cardoso, de 55 anos, na madrugada de domingo (14), em Rio Brilhante, na Vila Fátima. Após o crime, ele roubou aparelho de som, DVD e um celular.

Marcelina morava sozinha e vendia espetinho e bebidas na frente da casa onde morava. Na noite de sábado (13), ela teria trabalhado até às 23h. Já na madrugada de domingo, vizinhos escutaram gritos na casa e chamaram os filhos da mulher, mas quando eles entraram na casa, encontraram Marcelina morta.

Horas após o assassinato, a Polícia Civil de Rio Brilhante prendeu Nivalcir em casa. Ele morava no mesmo bairro da vítima e confessou que matou a mulher para roubar um aparelho de som, DVD e um celular. Os eletrônicos foram recuperados, segundo o site Rio Brilhante em Tempo Real. O caso é de latrocínio, roubo seguido de morte.

Marcelina completaria 56 anos no próximo dia 2 de abril. Ela foi encontrada morta em seu quarto, com diversas lesões provocadas por facadas, uma no queixo, uma na testa, uma abaixo do umbigo, duas na perna esquerda e duas na mão direita. Além disso, a casa da vítima estava bastante revirada, dando sinais de que o suspeito poderia ter roubado bens.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here