Missionário é executado a tiros em colônia indígena na fronteira com o Paraguai

Foi executado a tiros nesta quarta-feira (10), em uma colônia, no departamento de Canyndeú, na fronteira de Paranhos com o Paraguai, o missionário norte-americano, Wayne Laroy Goddar, de 50 anos.

Wayne foi assassinado por cinco homens com tiros que atingiram seu peito, braço e mão. O norte-americano que era naturalizado paraguaio teve sua propriedade rural invadida pelos atiradores. Wayne criava bois e era membro do Corpo de Paz dos Estados Unidos.

Segundo o site Ponta Porã Informa, o missionário chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu. Próximo da fazenda do missionário foi encontrado pela polícia uma espingarda, calibre 20, e um laptop que seria da vítima.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here