Rede Solidária leva cultura, esporte e geração de renda para o gabinete do Governo na Expogrande

As crianças e adolescentes atendidos pelo programa Rede Solidária participaram da agenda do governador Reinaldo Azambuja nesta terça-feira (9.4), que cumpriu expediente de trabalho no Gabinete Itinerante do Governo de Mato Grosso do Sul, na Expogrande 2019.

Os núcleos cultural, esportivo e de geração de renda demonstraram o trabalho desenvolvido nas oficinas realizadas nas duas unidades do programa em Campo Grande, desenvolvido pelo Governo do Estado e gerenciado pela Secretaria de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast).

“É gratificante ver a geração de renda do programa dando frutos com a participação das famílias”, destaca a primeira dama do Estado, Fátima Azambuja.

As crianças das oficinas de coral e canto, que atende aproximadamente 120 crianças, nas duas unidades, fizeram uma bonita apresentação em homenagem ao governador e à primeira dama do Estado Fátima Azambuja. Os alunos também os presentearam com produtos de páscoa confeccionados por mães voluntárias do Rede Solidária que estão sendo comercializados no estande do governo.

Para a primeira dama do estado Fátima Azambuja a participação do Rede Solidária no evento mostra que o trabalho de assistência social desenvolvido pelo governo está dando certo: “É gratificante ver um trabalho desenvolvido dando certo. Ver a alegria e a satisfação das crianças e adolescentes de estar aqui e demonstrarem suas habilidades. E, principalmente, ver a geração de renda do programa dando frutos com a participação das famílias”, destacou.

Fazendo parte também das demonstrações culturais do projeto, as crianças da oficina de violão demonstraram suas habilidades. São cerca de 70 crianças atendidas nas duas unidades do Rede pela oficina que pode ser iniciada a partir dos seis anos de idade, no período contra turno das atividades escolares regular dos alunos.

Já o núcleo esportivo do Rede Solidária apresentou a modalidade do karatê – prática que ajuda as crianças e adolescentes a adquirirem disciplina, concentração e trabalho em equipe.

Dança – As oficinas de dança do Rede Solidária fazem parte do Módulo de Ação do projeto de arte, cultura e esporte.

São várias modalidades de dança como balé clássico, moderno e contemporâneo, street dance, danças urbanas e para o público adulto dança do ventre e zumba.

No  evento desta terça-feira quem esteve presente no gabinete Itinerante do Governo do Estado pôde apreciar a técnica e beleza da dança do ventre e balé contemporâneo desenvolvidos no projeto.

Deise Helena – Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here