Agência bancária é autuada pelo Procon por espera de mais de 1h

Uma agência bancária, localizada na Rua Cândido Mariano, em Campo Grande, foi autuada pela Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon), devido ao fato do tempo de espera dos clientes ultrapassar uma hora, nesta terça-feira (2).

De acordo com a Lei Municipal 4303/05, o “tempo razoável” para o atendimento é definido como até 15 minutos em dias normais, até 20 minutos em dias de pagamento de funcionários públicos e recebimento de tributos e, ainda, de 25 minutos em vésperas de feriados prolongados.

Entretanto, segundo o Procon,  conforme algumas senhas cujo tempo foi acompanhado pela equipe, a demora chegou a uma hora e 10 minutos, em caso de abertura de contas.

Além disso, as senhas distribuídas para atendimento nas mesas não previam a opção prioritária para gestantes, mulheres com crianças ao colo, idosos, portadores de necessidades especiais ou autismo.

Entre outras irregularidades, a agência não tem em local de fácil acesso e cópia do Código de Defesa do Consumidor e, também, não expõe de forma visível o número 151 para o cliente ter acesso ao Procon, se necessitar fazer alguma reclamação ou denúncia.

Outro problema que traz dificuldades para o consumidor é o fato da organização bancária emitir comprovante de operações em papel termossensível o que, também, é proibido por lei.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here