Diretor de faculdade de medicina no Paraguai é morto em tiroteio na fronteira: ‘Alvo era outro’ diz polícia

O médico Sandro Arredondo, diretor de uma faculdade de medicina em Pedro Juan Caballero, morreu em um tiroteio perto da linha de fronteira com Ponta Porã (MS) nesta quarta-feira (27). A Polícia Nacional do Paraguai confirmou que o verdadeiro alvo era um outro homem, que estava no local, foi baleado, mas não morreu.

O crime aconteceu próximo à fronteira com o Brasil. O médico havia levado o filho para assistir um treino de motocross. A polícia diz que homens chegaram em quatro caminhonetes atirando em várias direções, e que um dos baleados foi o médico. Moradores gravaram um áudio do momento em que os tiros eram disparados. No local, várias cápsulas de fuzil foram encontradas.

Várias cápsulas de balas de fuzil foram encontradas em local onde médico morreu em tiroteio na fronteira com o Paraguai. — Foto: Polícia Civil do Paraguai/Divulgação

Várias cápsulas de balas de fuzil foram encontradas em local onde médico morreu em tiroteio na fronteira com o Paraguai. — Foto: Polícia Civil do Paraguai/Divulgação

Do lado brasileiro, o delegado responsável pela delegacia regional de Ponta Porã, Mikail Faria, disse que a Polícia Civil está acompanhando: “O alvo era outro, isso é uma coisa que não acontecia antes, uma pessoa que não tem a ver com o tráfico morrer no meio de um tiroteio. Vamos continuar monitorando o caso junto com a Polícia Militar”, afirma.

O médico chegou a ser resgatado com vida, mas morreu logo depois. Na faculdade que Sandro dirigia, as aulas foram suspensas.

Não há confirmação oficial de que o verdadeiro alvo seria Fernando Calonga, que trabalhou como piloto para o traficante brasileiro Jorge Rafaat, executado numa emboscada em Pedro Juan, em 2016. A polícia paraguaia diz que ainda não tem pistas dos assassinos.

A guerra pelo tráfico na região preocupa autoridades. Só em 2018 a polícia registrou mais de 30 execuções relacionadas à disputa pelo controle do tráfico de drogas na fronteira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here