Prefeito Bispo declara que ônibus e táxis de Iguatemi não poderão buscar passageiros na aldeia Porto Lindo

O prefeito de Japorã Vanderlei Bispo declarou em vídeo postado na sua rede social (facebook), que a partir de hoje 07/03/2019, os táxis e ônibus de Iguatemi não poderão mais entrar na aldeia Porto Lindo do município de Japorã para buscar clientes ou passageiros.

Segundo o prefeito, a decisão foi tomada em resposta ao acontecimento de que veículos transportando indígenas de Japorã foram abordados e multados sob alegação de exercício ilegal da atividade de taxistas.

O prefeito Bispo declarou: “nós vamos tratar conforme nos tratam e a partir dessa data estaremos montando guarita na entrada da ponte na divisa com Iguatemi e proibindo a entrada de táxis de Iguatemi no território de Japorã, salvo as exceções legais que é o transporte de passageiros de Iguatemi para Japorã. Está proibido também a entrada de ônibus dos mercados de Iguatemi para o transporte de indígenas de Japorã para Iguatemi, porque é o fim do mundo, nós termos o nosso povo proibido de entrar em Iguatemi, onde gastam aproximadamente 1 milhão e 300 mil reais por mês. Enquanto não forem resolvidos esses problemas, a ponte estará fechada para os ônibus dos comerciantes e taxistas de Iguatemi”, comentou Vanderlei Bispo.

Segundo uma pessoa de Japorã que não quis se identificar, as denúncias de transporte ilegal teriam sido feitas por alguns taxistas de Iguatemi, o que acabou motivando a decisão do prefeito Bispo e das lideranças indígenas.

Participaram da reunião o prefeito Bispo, cacique Roberto Carlos, o presidente da Câmara Paulo Franjotti, vereadores Rogério, Joaquim, Adelina, Daiana e outras lideranças da comunidade indígena.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here