Quadruplicam os pedidos de refúgio para venezuelanos no Estado

A crise na Venezuela está mais perto dos sul-mato-grossenses do que podemos imaginar. Em meio à disputa de poder envolvendo o presidente Nicolás Maduro – cujo mandato é questionado por quase todos os países das Américas – e o Juan Guaidó, líder da oposição e reconhecido como mandatário venezuelano por quase todas as nações sul-americanas, estão os incontáveis cidadãos do país vizinho que buscam reconstruir a vida no Brasil. Em Mato Grosso do Sul, há quase umacentena deles que tentam entrar por meios legais e muitos outros vivendo na clandestinidade.

Nos últimos três anos, quando a crise na Venezuela se agravou, o número de cidadãos daquele país que pediram refúgio na PolíciaFederal de Mato Grosso do Sul quadruplicou. O total de vistos temporários mais que triplicou.

Números da Superintendência da PF em Mato Grosso do Sul mostram que em 2017, ano em que Nicolás Maduro conseguiu uma controversa aprovação da nova Constituição do país, cinco pessoas pediram refúgio no Estado. Os pedidos de visto de residência temporária foram dez neste mesmo ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here