Brasil quer importar máquina que transforma umidade do ar em água potável

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), em seus projetos de governo, disse que fará parcerias com Israel para beneficiar o Nordeste com projetos de dessalinização de água. Por meio de seu perfil no Twitter, Bolsonaro afirmou que ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, visitará instalações de dessalinização, plantações e o escritório de patentes no país do Oriente Médio.

A ideia é implantar no Nordeste brasileiro uma instalação piloto para tirar água salobra de poços, dessalinizar, armazenar e distribuir para a agricultura familiar da região. “Também estudamos junto ao embaixador de Israel e empresa especializada para testar tecnologia que produz água a partir da umidade do ar em escolas e hospitais da região. Poderemos, inclusive, negociar a instalação de fábrica no Nordeste para venda desses equipamentos”, escreveu Bolsonaro no Twitter.

Nova Tecnologia

De acordo com o site eCycle, uma  empresa israelense criou dispositivo que extrai e armazena água potável pela condensação da umidade do ar. Ou seja, a tecnologia utilizada por eles funciona como um desumidificador, que além de capturar, vai limpar a umidade e tornar a água potável.

Os dispositivos disponibilizados pela empresa existem em três tamanhos: industrial, médio e um específico para casas e escritórios. Cada máquina vem equipada com um sistema de folhas de plástico que esfria o ar e coleta qualquer condensação subsequente. A água coletada passa por um filtro para tirar qualquer químico ou micro-organismo.

A empresa está negociando o aparelho com governos de países como Estados Unidos, Índia, China, México e Brasil. Estão atualmente fazendo testes de campo em Mumbai, na Índia, e em Xangai, na China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here