Operação contra violência sexual prende 10 pessoas e resgata 12 adolescentes

A Delegacia de Atendimento à  Mulher (DAM) e a 1° Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana prenderam dez pessoas durante a Operação Afrodite, deflagrada para combater abusos sexuais contra crianças e adolescentes. De acordo com balanço divulgado na noite de ontem, 12 vítimas em situação de vulnerabilidade foram resgatadas. Os investigados respondem por crimes como estupro de vulnerável, tráfico de drogas e furto, entre outros.

A ação contou com duas fases. A primeira, preventiva, com entrega de panfletos e orientação sobre violência sexual, com a finalidade de explicar à população sobre as leis e aumentar o número de denúncias. Já a segunda etapa, realizada ontem, foi de caráter repressivo. Foram vistoriados diversos pontos de exploração sexual infantil, de venda de bebidas alcoólicas a menores, de tráfico e locais com várias reclamações de perturbação de sossego.

O trabalho foi planejado ao longo de seis meses, por meio de dados obtidos pelas equipes de investigação das duas delegacias, com informações de populares e relatórios do Conselho Tutelar de Aquidauana. Duas pessoas foram presas por estupro de vulnerável, três por fornecimento de bebidas a menores, uma por perturbação de sossego, uma por dirigir sem habilitação, duas por tráfico e uma por furto.

Também foram recuperados bens provenientes de um furto, foi esclarecido outro estupro de vulnerável cujo o suspeito está foragido, foram retirados de situação de vulnerabilidade 12 menores de dezoito anos, sendo dez adolescentes e duas crianças. Três adolescentes de 14 anos foram socorridos depois de serem encontrados embriagados. Participaram da operação 22 policiais civis e três peritos papiloscopistas. O nome da operação, Afrodite, é uma referência à deusa da Sedução, de acordo com a mitologia grega.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here