Jovem que matou namorada e filha é indiciado por duplo feminicídio

Inquérito policial da investigação do caso em que Marcos Fioravanti Neto matou a namorada, Maiana Barbosa de Oliveira, de 20 anos, e a filha de 1 mês, no dia 26 de novembro, em Dourados, concluiu que ele cometeu crime de duplo feminicídio duplamente qualificado com agravante pela morte da bebê de pouca idade.

De acordo com o site Dourados News, a investigação, que ficou sob a responsabilidade da Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM), identificou que Maiana não reagiu a nenhuma das agressões que resultaram em sua morte. As vítimas foram encontradas no quarto, mortas a facadas. A mulher tinha perfurações no pescoço e a bebê tinha ferimentos no pescoço e na cabeça.

A suspeita é de que a jovem estivesse adormecida e ainda sob efeito de medicamentos, levando em consideração que, apesar da violência aplicada à ela e à filha, nenhum indício de resistência ao crime foi identificado pelos peritos.

O suspeito, de 22 anos, está preso atualmente no Penitenciária Estadual de Dourados (PED), depois de ser detido ao tentar assaltar uma idosa, em Glória de Dourados, no dia seguinte (27) ao duplo assassinato.

Ele, que segundo a família sofre de dependência de drogas e esquizofrenia, relatou que o plano era fugir para o litoral brasileiro e que no momento do crime não estaria sob efeito de entorpecente.

Porém, apesar disso, disse também ter recebido direção “de cima” para cometer os assassinatos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here