Morador de rua é espancado, sofre traumatismo craniano e morre

Um morador de rua identificado como Antônio Alves dos Santos, 57 anos, morreu nesta quinta-feira (6) na Santa Casa de Campo Grande em razão de ferimentos provocados por espancamento ocorrido há 4 meses.

Conforme boletim de ocorrência, registrado por Regiane Cristina Alves dos Santos, 57 anos, filha da vítima, o pai era alcoólatra e há mais de dez anos vivia nas ruas.

Ela ficou sabendo, na semana passada, por meio da assistente social da unidade que o pai havia sido espancado na rua e estava internado com TCE (Traumatismo Craniano Encefálico) grave. Não há detalhes sobre o caso, nem onde ocorreu o crime.

Antes de ir para o hospital, a vítima deu entrada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Leblon. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here