Durante briga por causa de espetinho, PM mata açougueiro e comete suicídio

O policial militar Ezequiel Ferreira matou a tiros o empresário e açougueiro Flávio Fernandes, de 38 anos, e depois cometeu suicídio na noite de ontem, no município de Ivinhema. Os fatos ocorreram na Casa de Carne Costelão & Cia, no Bairro Guiray.

A Polícia Civil investiga o caso e, de acordo com o site Ivi Notícias, o crime teria sido motivado por uma discussão relacionada a espetinhos. A PM teria sido acionada por testemunhas que informavam sobre uma briga no local.

No entanto, quando os policiais chegavam, Ezequiel sacou sua arma e atirou seis vezes contra Flávio, atingindo-o no olho, nuca, ombro, barriga, virilha e nas costas. Em seguida, o policial fugiu, mas foi encontrado caído morto nas proximidades, ao lado de seu carro.

A suspeita é de que após ter matado Flávio, tenha cometido suicídio. O empresário chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu. Ezequiel morava em Ivinhema, mas estava lotado na cidade de Novo Horizonte do Sul.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here