Operação em MT e MS revela quadrilha que transportava toneladas de drogas

A DRE (Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes), do Mato Grosso deflagrou a Operação Captare na manhã desta quinta-feira (29) contra uma organização criminosa suspeita da movimentação de 2 toneladas de maconha entre rodovias de MT e Mato Grosso do Sul. A ação tem o apoio da Denar (Delegacia de Combate ao Narcotráfico) de Campo Grande, onde uma pessoa já foi presa em flagrante.

Além de Cuiabá e Várzea Grande, os policiais cumprem ordens judiciais em Campo Grande, Dourados e Coxim. No total são 52, sendo 28 mandados de prisão preventiva, 22 mandados de busca e apreensão domiciliar e 2 mandados de apreensão de veículos.

Em MS, são três mandados de prisão, a serem cumpridos um em cada cidade envolvida. Em Dourados, além de uma pessoa presa, também foram executados duas buscas e apreensões. Outro suspeito já foi presa em Campo Grande.

Captare é o nome de uma casta de anjos, presente na obra literária de ficção Ignavos, escrita por um investigador de polícia.

Os Captares, ou rastreadores, como também são conhecidos, são tidos como uma espécie de “serviço secreto”, encarregados de caçar e procurar inimigos, aqui, fazendo uma referência aos traficantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here