Mulher de ladrão de banco é presa pelo DOF com explosivos

O Departamento de Operações de Fronteira (DOF) prendeu na noite de ontem, em Iguatemi, Danielli Conceição Fernandes, de 25 anos, com dois explosivos e um cordel detonante de 120 centímetros. Ela seria esposa de um dos integrantes da quadrilha presa mês passado ao tentar arrombar banco na cidade de Novo Horizonte do Sul.

A polícia acredita que a suspeita tenha agido a partir de ordens de presos da Penitenciária de Segurança Máxima de Campo Grande. Tais artefatos são utilizados para explodir caixas eletrônicos. Uma equipe do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar foi acionada e procedeu com a detonação.

Conforme apurado, Danielli estava em um táxi e foi abordada na região das Sete Placas, em Iguatemi. Ao ser entrevistada, alegou ter ido a Sete Quedas buscar o produto e de lá, seguiu destino à Ivinhema com as barras escondidas sob a roupa. Ao todo, ela carregava duas emulsões explosivas encartuchadas em plástico flexível e um estopim de 120cm.

O marido dela seria uma das seis pessoas presas no dia 11 de outubro, durante tentativa de roubo a banco em Novo Horizonte do Sul. Com os criminosos, entre eles dois adolescentes, foram encontradas armas de fogo, munições, notebook e diversas ferramentas como marretas, serras, serras elétricas e furadeiras usadas em arrombamentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here