Preso suspeito de extorsão pede para ir ao hospital e ‘pica a mula’ da Agepen

Depois de ‘sumir’ do hospital Nosso Lar, onde estava fazendo exames, um jornalista preso em agosto deste ano, em Campo Grande, e que estava cumprindo pena em regime semiaberto por extorsão teve sua prisão convertida em regime fechado. Ele é considerado foragido da Justiça.

O jornalista foi preso no dia 2 de agosto pelo crime de extorsão depois de publicar em redes sociais ofensas e tentar extorquir uma vítima que teria contratado os serviços publicitários do jornal.

Segundo o processo, o jornalista ameaçava fazer publicar uma matéria com falsas informações que poderia comprometer a imagem do estabelecimento.

O mandado de prisão contra ele foi expedido no dia 26 de julho e ele acabou preso no dia 2 de agosto, quando saía da sede do jornal, no Carandá Bosque.

Foi determinada a sua prisão em regime fechado no dia 5 deste mês (novembro) depois que ele pediu autorização para fazer exames e ‘sumiu’ do hospital Nosso Lar, na Capital. Agora, ele é considerado foragido da Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here