Em quatro anos, governo investe R$ 265 milhões em Corumbá

Entre obras concluidas, em execução e em processo licitatório, o governo do Estado investe R$ 30 milhões em Corumbá em 2018. Ao longo de três anos e nove meses, os recursos aplicados na cidade em infraestrutura, saneamento básico, habitação, saúde, segurança, educação e cultura chegam a R$ 265 milhões.

Somente na ampliação e modernização dos sistemas de abastecimento de água e esgoto, um dos setores de maior demanda da população, os investimentos da Sanesul (Empresa e Saneamento de MS) atingem a cifra de R$ 76,8 milhões. São obras novas e algumas paralisadas desde 2010, a maioria concluída, que vão resolver em definitivo o problema da falta de água na parte alta da cidade e universalizar a coleta de esgoto.

Um novo hospital

Uma das obras mais emblemáticas, aguardada há muitos anos pela população, será a reforma e ampliação do hospital de Caridade, o único que atende toda a região. O governador Reinaldo Azambuja garantiu o repasse de R$ 11 milhões para a prefeitura, que executará a obra. O projeto inclui a construção de um novo pronto socorro e de um núcleo obstétrico, bem como a reestruturação de todo o hospital e ampliação do número de leitos.

Recapeamento

Outra obra de grande apelo popular garantida pelo governo estadual é o asfaltamento do Conjunto Padre Ernesto Sassida, construído e entregue pelo ex-governador André Puccinelli sem nenhuma infraestrutura. Recursos do Estado e do Município, totalizando R$ 21 milhões, serão aplicados na obra já em execução. O Estado também recuperou com recapeamento 23 ruas e avenidas (102 quadras) que se encontravam em precárias condições de tráfego.

Caravana da Saúde

Os investimentos em Corumbá ocorrem em vários setores. Na educação, 11 escolas estaduais foram reformadas e ampliadas. A Caravana da Saúde, além do atendimento a milhares de pessoas com cirurgias, consultas e exame, trouxe para Corumbá novos equipamentos hospitalares, como a tomografia computadorizada. Na habitação, R$ 83 milhões – recursos federais e estaduais – aplicados na construção de 1.296 novas moradias dignas para os corumbaenses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here